Rate this post

Enabel

A Enabel pretende recrutar para o seu quadro e pessoal Assistentes de Gestão de Dados Energéticos.

Antecedentes

A colaboração entre o Governo de Moçambique e da Bélgica no domínio das energias renováveis abrange o reforço de capacidades no Ministério dos Recursos Minerais e Energia (MIREME) e no Fundo de Energia da FUNAE. No MIREME, o apoio visa criar condições para que o sector energético possa planear, gerir, implementar e monitorizar todas as actividades do sector, com especial atenção às energias renováveis para as zonas rurais a nível central e provincial, e do novo regulador multissectorial para o sector ARENE.
Várias revisões e análises SWOT confirmam que uma área crítica de preocupação na promoção do acesso à energia sustentável continua a ser a qualidade da recolha, processamento e gestão de dados no sector. Parece haver uma falta geral de integração da informação e de esforços de consolidação devido à falta de recursos humanos qualificados suficientes responsáveis no MIREME por essa recolha e análise de dados. Esta situação gera incompatibilidades e discrepâncias em vários exercícios nacionais e localizados de elaboração de relatórios e planeamento. Por conseguinte, é necessário melhorar e adaptar as competências de gestão e análise da informação e as ferramentas digitalizadas para a planificação, monitorização e avaliação do acesso à energia no MIREME.

Projecto

Os esforços para actualizar as políticas e o planeamento de Moçambique em matéria de energia no sentido do acesso universal à energia e para responder aos desafios contínuos de coordenação e integração entre os actores governamentais e não governamentais, bem como aos desafios persistentes de capacidade para a implementação de novas políticas e planos, estão a ser limitados pelas recentes medidas transversais de redução de custos e paragens de recrutamento no sector público de Moçambique. O MIREME solicitou apoio para reforçar a Direcção de Planificação e Cooperação (DPC) e outras direcções nacionais e provinciais, nas suas tarefas de elaboração de relatórios e planificação, resolvendo a sua actual falta de pessoal. A actual componente de pessoal terá de ser aumentada para um máximo de 5 funcionários. Para este efeito, o projecto CB MIREME irá recorrer a financiamento para recrutar recursos humanos adicionais numa base temporária. Estes jovens graduados serão recrutados como Assistentes de Gestão de Dados de Energia.

Descrição da Tarefa

As tarefas dos assistentes de gestão de dados energéticos consistirão principalmente na prestação de assistência nas seguintes tarefas:
ü  Recolher, analisar e manter actualizados os dados relativos à energia;
ü  Concepção de inquéritos de campo e metodologia;
ü  Analisar o consumo de energia e os custos;
ü  Identificar as principais utilizações de energia;
ü  Realização de avaliações de energia;
ü  Desenvolvimento de balanços energéticos e projecção de demanda;
ü  Elaboração de cenários de oferta e comércio de energia;
ü  Analisar os mercados locais, nacionais, regionais e globais com a interacção de actores privados.
ü  Elaborar a matriz de indicadores para a estrutura de avaliação de planos, programas e desempenho;
ü  Localização: MIREME, com Actividades provinciais de extensão e capacitação.

Recrutamento

O processo de recrutamento é gerido por uma agência de emprego por conta da Enabel. A supervisão diária está nas mãos do Director da DPC, em nome do projecto CB MIREME.

Requisitos

Qualificações
ü  Graduação de preferência em Estatística, ou em Economia, Matemática, ou outro grau relevante para a Gestão de Dados e Análise Estatística;
ü  Mestrado em uma área relevante como acima é favorável (equivalente a Técnico N1 de acordo com o Quadro da Administração Pública)
Experiência
ü  Uso proficiente de MS Office, especialmente MS Excel (fórmulas avançadas, tabelas pivô, etc);
ü  Conhecimento de software estatístico (ex. SHAZAM, RATS, SPSS, STATA, R, SAS, MATLAB ou outros);
ü  Experiência profissional na área de análise de dados estatísticos constitui uma vantagem.
Habilidades
ü  Capaz de trabalhar de forma independente dentro de uma equipa;
ü  Capaz de trabalhar sob estreita supervisão e instrução;
ü  A disponibilidade para viajar e trabalhar nas províncias é um imperativo.
Atributos Favoráveis
ü  Experiência de trabalho com estatísticas de energia;
ü  Conhecimento do contexto energético nacional de Moçambique;
ü  Experiência com/no sector público;
ü  Inglês habilidades linguísticas (pelo menos intermediário);
ü  Atenção a detalhe e consciente da garantia da qualidade;
ü  Disponibilidade para aprender.

Exigências

ü  Curriculum Vitae;
ü  Carta de Motivação e digitalização de uma cópia autenticada do Diploma.

Processo de Candidatura

Email: akila.munir@enabel.be e daniel.boucart@enabel.be
Validade: 22/10/2019
Local:  Moçambique
Duração:  12 meses
Início:   15/11/2019
Níveis:  Licenciatura,  Mestrado
Regime:  Tempo Inteiro




COMPARTILHAR
Artigo anteriorMotorista
Próximo artigoRecepcionista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here