Engenharia Sem Fronteiras (ESF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico Wash.

Responsabilidades

  • Supervisão de obras hidráulicas no local, fiscalização rigorosa das obras hidráulicas durante o processo de Estudos Geofísicos, Perfuração, Ensaios de caudal e outros, e Montagem das Bombas;
  • Elaboração diária de livros de obras, fichas técnicas e relatórios técnicos;
  • Apoiar a Equipa Técnica no terreno naquilo que seja preciso e coordenar para a realização das visitas de monitoria às comunidades escolhidas;
  • Realizar seguimento do trabalho de campo com os comités de água nas comunidades para a implementação de conteúdos das formações de gestão e manutenção da fonte;
  • Colectar e analisar os resultados obtidos durante as monitorias e formações dentro das comunidades, para a realização dos relatórios.

Requisitos

  • Técnico Médio em Hidráulica e Gestão de Recursos Hídricos (Demonstrável);
  • Experiência mínima de trabalho de dois (2) anos em projectos de água e saneamento em âmbito rural em Moçambique como Técnico/a de Aguas e Fiscal de Obras Hídricas tais como Fontes de Agua (Demonstrável);
  • Conhecimentos básicos de hidrogeologia, recolha de dados com uso de GPS, uniformização e processamento desses dados;
  • Conhecimentos básicos das principais tecnologias usadas em abastecimentos de água em comunidades rurais em Moçambique: bomba manual Afridev e similares, bomba de corda e represas;
  • Conhecimento específico de técnicas de saneamento incluindo SANTOLIC a serem aplicáveis em contextos rurais isolados;
  • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador (Excel, Word, etc.);
  • Falar as línguas Português e Xitswa (demonstrável) fluentemente;
  • Capacidade de trabalho em grupo;
  • Ter boa capacidade de comunicação seja oral ou escrita;
  • Ter carta de condução para carros ligeiros e motorizada (Demonstrável).

Requisitos Valoráveis

  • Conhecimentos da Lei Nacional de Águas vigente em Moçambique;
  • Conhecimentos do Manual de Implementação de Projectos de Água Rural (MIPAR);
  • Interesse e comprometimento com igualdade de género e conhecimento de factores que determinam desigualdade de género nas zonas rurais;
  • Conhecimentos das boas práticas higiénicas no âmbito doméstico;
  • Conhecimentos suficientes de língua inglesa para poder ler documentos técnicos;
  • Ser natural da Província de Inhambane e ter trabalhado nos distritos interiores da mesma (Panda, Mabote e/ou Funhalouro).

Atitudes

  • Alto sentido de responsabilidade, organização, disciplina e sigilo profissional;
  • Capacidade de trabalho sob pressão;
  • Capacidade de elaboração de relatórios de qualidade;
  • Flexibilidade e capacidade para gerir diversas tarefas simultaneamente.

Benefícios

  • Incorporação: Imediata;
  • Remuneração: Salário competitivo segundo as tabelas de ESF e segundo as qualificações e experiência da pessoa (entre 25.000 e 45.000 Mzn de salário líquido).

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: As pessoas pré seleccionadas serão contactadas para uma entrevista pessoal na cidade de Inhambane depois de ter fechado o processo de análise das candidatura.

Sobre a Empresa

A Engenharia Sem Fronteiras (ESF) é uma Organização Não Governamental de Desenvolvimento constituída no ano de 1991 e que trabalha em Moçambique desde o ano 2006. Actualmente está-se a desenvolver o projecto Fortalecer as capacidades na província de Inhambane para promover a justiça de género.

Processo de Candidatura

Email: esf.inhambane.rh@gmail.com

Validade: 05/02/2020

Local: Inhambane com frequentes deslocamentos ao distrito de Funhalouro e esporadicamente a outros distritos da Província de Inhambane e a Maputo cidade

Depende de: Coordenadora de ESF em Inhambane.

Supervisiona: A equipa técnica do projecto.

Duração: 6 meses (Com possibilidade de ampliação)

Níveis: Nível Médio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here