O FAMOD é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que congrega mais de trinta organizações de pessoas com deficiência em Moçambique, está representada ao nível nacional com a missão de promover e defender os direitos das pessoas com deficiência, pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Coordenador de Projecto.

Resumo da posição

O/A oficial de projecto irá trabalhar junto aos parceiros do Consórcio TOFI na promoção da educação inclusiva. Será responsável por planificar e coordenar as actividades de intervenção do FAMOD na área de educação inclusiva. Sob supervisão do Coordenador Executivo, o/a oficial de projecto também poderá dar apoio na execução de outros projectos no FAMOD em particular, mas não exclusivamente, na área de educação inclusiva.

Responsabilidades

Sob supervisão do Coordenador Executivo, o/a oficial de projecto irá:

  • Assegurar a operacionalização das actividades do sector de Educação Inclusiva no âmbito do consórcio TOFI
    • Implementar as actividades do programa TOFI relativas à Educação Inclusiva;
    • Apoiar os aspectos técnicos no âmbito da concepção e implementação das actividades de educação inclusiva em coordenação com o Coordenador Executivo;
    • Apoiar o Coordenador Executivo na planificação mensal, trimestral, semestral e anual para o sector da Educação 0 Inclusiva;
    • Coordenar com o sector das finanças e administração a alocação de fundos para o sector de Educação Inclusiva;
  • Assegurar o acompanhamento do cumprimento dos indicadores do programa TOFI relativos à participação do FAMOD na área da Educação Inclusiva
    • Dar apoio técnico e fazer follow up nas zonas de intervenção do projecto;
    • Identificar desafios na implementação e propor soluções/ajustamentos adequados;
    • Apoiar a elaboração e submissão atempada de relatórios externos do projecto de acordo com os requerimentos dos doadores e padrões de qualidade em coordenação com o Coordenador Executivo;
    • Facilitar colaborações e sinergias com a Associação de Cegos e Ambliopes de Moçambique, como parceiro líder no ramo da Educação Inclusiva;
    • Elaborar propostas de projectos na área educação inclusiva e colaborar com outros parceiros;
    • Assegurar coordenação fluida com os parceiros do programa e outros actores relevantes;
    • Informar regularmente e trocar informação com os parceiros de implementação do programa TOFI;
  • Assegurar o respeito ao acordo com os parceiros da consórcio TOFI;
  • Assegurar a coordenação regular de encontros com organizações parceiras na área de educação inclusiva;
  • Propor, em coordenação com o Coordenador executivo, mecanismos para responder aos desafios enfrentados no âmbito da implementação do projecto;
  • Representar a intervenção do FAMOD na área de Educação Inclusiva perante parceiros externos, locais e nacionais;
  • Representar o FAMOD em diferentes fóruns de coordenação;
  • Contribuir para o reforço da capacidade do pessoal técnico e dos parceiros de acordo com as necessidades identificadas e actividades do projecto;
  • Assegurar a planificação administrativa e financeira das actividades sobre Educação Inclusiva;
  • Em parceiria com o pessoal de apoio;
  • Providenciar um plano annual de despesas e previsão mensal de despesas;
  • Assegurar um arquivo organizado sobre a implementação das actividades sobre Educação Inclusiva.

Requisitos

O/A concorrente para a vaga de oficial de projecto no FAMOD, deve ter Licenciatura em Educação, Psicologia (com especialização em Educação), ou outra área relevante para a vaga. Outros diplomas de licenciatura também podem ser apreciados, desde que possa comprovar experiência em Educação e Direitos das Pessoas com Deficiência.

  • Pelo menos 2 a 3 anos de experiência profissional em uma ONG, numa posição de gestão, pelo menos dois anos de experiência na gestão de ciclos de projectos e pelo menos dois anos de
    experiência profissional em Educação;
  • Domínio de ferramentas de gestão de projectos e metodologias;
  • Familiarização com instrumentos de monitoria e avaliação;
  • Conhecimento sobre Educação e o sector da deficiência em Moçambique;
  • Habilidades de gestão comprovadas;
  • Habilidade de gerir a pressão do trabalho;
  • Boas habilidades de comunicação e networking;
  • Alto interesse na área dos direitos das pessoas com deficiência;
  • Experiência em trabalhos de intervenção comunitária;
  • Bom nível de Inglês: escrito e falado e boas habilidades de redacção;
  • Domínio de Tecnologias de informação e comunicação;
  • Ser pessoas com deficiência é uma vantagem

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Candidatura.

Nota: O FAMOD encoraja vivamente a candidatura de pessoas com deficiências e mulheres. Apenas  candidatos/as pré-seleccionados/as serão contactados/as.

Processo de Candidatura

Email: famodmoz@gmail.com

Validade: 24/04/2020

Local: Maputo

Níveis: Licenciatura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here