A Arquitecturas Sem Fronteiras (ASF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico de Género da ASF na Província de Inhambane.

Contexto

A Arquitecturas sem Fronteiras (ASF) é uma ONG sem fins lucrativos, que trabalha em Inhambane desde o ano 2005, em parceria com a Direção Provincial de Saúde (DPS) e a antiga Direcção Provincial de Gênero, Criança e Ação Social (DPGCAS), agora Serviços Provinciais dos Assuntos Sociais (SPAS), além de alguns projetos desenvolvidos com o Município de Inhambane.
A ASF aposta em projetos que permitem a população beneficiária aumentar a sua capacidade de advocacia política para assim melhorar a qualidade democrática, advocacia política das Organizações da Sociedade Civil (OSC) e o impacto das políticas públicas nos distritos de Inhambane, Maxixe e Zavala.
A oportunidade de emprego é referente ao Projecto á linha de trabalho de: “Direito a uma vida livre de violências de gênero” implementado pela ASF Inhambane. A pessoa escolhida irá ter a oportunidade de trabalhar com uma equipa multidisciplinar extremamente dedicada na luta contra as VbGs.

Descrição da Intervenção

Está agora na terceira fase do programa “Mecanismos de atendimento multissectorial e empoderamento das mulheres em situação de violências de género e a sua prevenção na Província de Inhambane”, que tem como objetivo melhorar a qualidade e a disponibilidade da prevenção, da deteção e do atendimento de mulheres, adolescentes e crianças em situação de violência baseadas no género (VbG) através da abordagem integrada, aumentando as capacidades dos diferentes titulares, a advocacia política das OSC e o impacto das políticas públicas nos distritos de Inhambane, Maxixe e Zavala. Pelo que o programa há de atingir os resultados a seguir:

  • Foram implementadas e / ou reforçadas ferramentas que melhoram a capacidade institucional e associativa para a prevenção, deteção e atendimento, de forma coordenada, de mulheres em situação de VbG, facilitando a tomada de decisões e a implementação de políticas nos distritos de Inhambane e Maxixe;
  • As capacidades individuais, institucionais e coletivas foram melhoradas e reforçadas e a conscientização das pessoas-chave de instituições, associações e comunidades foi aumentada para a prevenção, deteção e atenção das várias manifestações de VbG;
  • Melhorada a prevenção das VbG usando uma campanha de desenho do espaço público desde uma perspetiva inclusiva e de género e uma campanha de sensibilização sobre as VbG, conhecimento dos direitos das mulheres e dos mecanismos disponíveis para exigir-lhos e defender-lhos;
  • Campanha de difusão do programa nos media locais, nacionais e internacionais

Responsabilidades

  • Executar a implementação das atividades do programa sob a supervisão da pessoa coordenadora do programa;
  • Deverá certificar-se de que todas as tarefas do programa sejam implementadas conforme procedimentos e de forma pontual;
  • Organizar, realizar e dinamizar as atividades em colaboração com a equipa técnica de ASF;
  • Representar a Organização em eventos, fóruns e reuniões técnicas com instituições locais de referência;
  • Preparar os orçamentos para as atividades com a equipa técnica e coordenador e supervisionar as despesas realmente realizadas;
  • Trasladar a área de contabilidade da ASF as solicitudes de fundos para o desenvolvimento das atividades e os comprovativos das despesas realmente realizadas;
  • Fazer parte das equipas de redação de políticas públicas, protocolos, etc. de nível provincial e distrital;
  • Apoiar a coordenação do Mecanismo Multissectorial de Atendimento Integrado à Mulher Vítima de Violência (MMAIMVV) de nível Provincial e Distrital;
  • Garantir a efetivação da coordenação entre o MMAIMVV e as organizações da Sociedade Civil;
  • Assegurar que os Centro de Atendimento Integrado estão a ser usados como um espaço de coordenação e de referência dos Assuntos relacionados a Violência baseada no género ao nível de cada Distrito;
  • Colectar, analisar e arquivar dados provenientes das diferentes atividades do projeto; criar evidências;
  • Participar nas atividades das instituições, OSCs, ONGs locais e internacionais, etc.;
  • Participar das reuniões técnicas com a equipa da ASF em Inhambane e na sede;
  • Preparar os relatórios trimestrais detalhados sobre o progresso das atividades, destacando as questões críticas que surgiram, as medidas corretivas tomadas e os resultados obtidos;
  • Participar em qualquer outra actividade decidida desde o âmbito de coordenação da ASF-Inhambane ou Sede;
  • Apoiar outros projetos da organização dentro da sua área de conhecimentos e especialidades.

Requisitos

  • Grau Universitário ou experiência equivalente (Demonstrável);
  • Experiência mínima de dois (2) anos relevante em trabalho semelhante dentro do âmbito das ONGs e/ou OSCs (Demonstrável);
  • Formação específica e demonstrável na área de gênero, especialmente na área de VbG ou experiência equivalente;
  • Experiência em trabalho com comunidades locais em desenvolvimento e instituições públicas;
  • Bom conhecimento em programas informáticos do pacote Microsoft (Office, Word, Excel, Power Point), Internet, etc;
  • Bom conhecimento falado e escrito da língua portuguesa;
  • Disponibilidade para viajar para trabalho dentro da Província de Inhambane;
  • Nacionalidade Moçambicana.

Desejável

  • Conhecimento das línguas locais da província de Inhambane;
  • Conhecimento da língua inglesa (Falada e escrita);
  • Conhecimento da língua espanhola (Falada e escrita);
  • Experiência laboral prévia em projetos co-financiados por doadores da Espanha;
  • Experiência laboral prévia na província de Inhambane.

Aptidões

  • Pessoa dinâmica e responsável;
  • Capacidade de trabalho sob pressão;
  • Flexibilidade e capacidade para gerir diversas tarefas simultaneamente;
  • Capacidade de liderança de equipas;
  • Boas habilidades para a diplomacia.

Benefícios

  • Incorporação: Imediata
  • Remuneração: Salário competitivo segundo as tabelas de ASF e segundo as qualificações e experiência da pessoa (entre 18.972,68 e 22.584,50 Mzn de salário líquido).

Exigência

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Motivação;
  • Cartas de Recomendação.

Nota: Indicar no assunto do email: “Vaga Técnico de Género ASF-Inhambane”. Apenas as pessoas pré-seleccionadas serão contactadas para combinar uma entrevista presencial nos escritórios na Cidade de Inhambane. A organização não se responsabiliza pelas despesas de alojamento do Candidato.

Processo de Candidatura

Endereço: Rua da Beira 280, ao lado do gabinete anti-corrupção, Bairro Balane – Inhambane

Email: rrhh.mocambique@asfes.org e coord.adjunta.inhambane@asfes.org

Validade: 20/07/2020

Duração: Contrato de 12 meses, com possibilidade de renovação.

Níveis: Nível Superior

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here