O Consorcio Associações com Moçambique (CAM) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Técnico de Projecto (M/F) na Beira, no âmbito do projecto Nhaconjo Resiliente: reabilitação do Centro de Saude Urbano de Nhaconjo, em prol das mulheres, crianças e homens afectados pelo ciclone Idai.

Objectivos

O projecto, que é financiado pela Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento, tem os seguintes objectivos:

  • Reabilitação das principais infra-estruturas do Centro de Saúde de Nhaconjo, de acordo com padrões de construção resilientes;
  • Formação para funcionários públicos sobre conceitos de reconstrução resiliente;
  • Principais Responsabilidades do Responsável Técnico de Projecto;
  • Implementação das actividades do projecto (reabilitação das infraestruturas do Centro de Saúde de Nhaconjo e actividades de formação), em coordenação com outros colegas do CAM;
  • Gestão das actividades do projecto de acordo com os prazos, calendário definidos, e o orçamento do projecto;
  • Supervisão das obras de reabilitação que serão realizadas por uma empresa de empreitada a ser
    adjudicada;
  • Organizar e executar actividades de formação sobre técnicas de construção resilientes para funcionários públicos.

Responsabilidades

  • Selecção da empresa de empreitada de acordo com as regras administrativas do doador e do CAM;
  • Fazer supervisão, monitoria e avaliação das obras de reabilitação;
  • Manter relações com os parceiros do projecto e os principais pontos focais do projecto ao nível
    governamental e outros;
  • Coordenar a logística de acordo com as necessidades do projecto e os procedimentos internos;
  • Monitorar constantemente as actividades do projecto em conjunto com orçamento e as calendarização do projecto;
  • Facilitar a gestão administrativa do projecto;
  • Executar estas e outras tarefas inerentes a posição em estreita colaboração com o Coordenador Geral do CAM;
  • Elaborar relatórios periódicos, tanto das actividades como financeiros ligados ao projecto, segundo o formado da organização e do doador.

Requisitos

  • Formação académica: Licenciatura em Engenharia Civil ou Arquitectura;
  • Experiência profissional: pelo menos dois (2) anos de trabalho em engenharia civil e construção;
  • Experiência na utilização do programa AutoCAD, ArchiCAD o programas semelhantes;
  • Experiência comprovada na interacção com o sector público;
  • Experiência na gestão de equipa de trabalho e na gestão dos beneficiários do projecto;
  • Competências transversais: ser capaz de se relacionar e gerir pessoas com tarefas e papéis diferentes;
  • Autonomia, sentido de responsabilidade, iniciativa, dinamismo, capacidade de ouvir e trabalhar num ambiente multicultural e facilidade de comunicação;
  • Conhecimentos de informática: muito bom conhecimento do pacote Office e afins;
  • Nacionalidade moçambicana ou documentos de residência, com presença em Moçambique há pelo menos cinco (5) anos;
  • Carta de Condução de automóvel.

Requisitos Adicionais (Mas não Obrigatórios)

  • Experiência profissional em projectos de cooperação para o desenvolvimento com ONG ou organizações internacionais;
  • Experiência em técnicas de reconstrução resilientes.

Exigências

  • Curriculum Vitae;
  • Carta de Apresentação (Cover Letter);
  • Certificados, Diplomas e eventuais referências.

Nota: Indique no assunto do Email “Responsável Técnico de Projecto de reabilitação do Centro de Saude de Nhaconjo”.

Processo de Candidatura

Email: recrutamento@consorciocam.org

Validade: 19/08/2020

Local: Beira – Sofala

Níveis: Licenciatura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here